Aprenda a fazer uma ordem de serviço eficiente

O setor de serviços ganha cada vez mais importância na economia brasileira e, atualmente, representa aproximadamente 70% do PIB do país. Hoje, o segmento funciona como um verdadeiro motor na criação de empregos no Brasil, mas para que as empresas do ramo atuem de forma ainda mais eficiente, é fundamental investir em uma ferramenta muito importante: a ordem de serviço.

A ordem de serviço (OS) é um documento que serve para formalizar com detalhes dos serviços prestados. Esse registro tem como principal objetivo indicar os materiais e a mão de obra necessária para a execução dos serviços.

Nesse artigo, vamos tratar a importância de fazer uma ordem de serviço eficiente, além de indicar para você alguns componentes básicos que não podem faltar. Confira!

Importância da ordem de serviço

De um modo geral, a OS formaliza a solicitação de um serviço e detalha todas as informações necessárias para a execução, como os materiais a serem utilizados, medidas de segurança e mão de obra necessária, por exemplo. Assim, uma ordem de serviço bem definida pode melhorar significativamente a produtividade de sua empresa.

O documento também é utilizado para registrar o início e fim do serviço, sendo assim, você pode ter uma noção real dos gastos. Nos casos de serviços de assistência, a OS também pode ser utilizada para registrar os defeitos declarados pelos clientes, os defeitos encontrados pela equipe técnica e as soluções para os problemas apresentados.

Dessa forma, fica claro que o desenvolvimento de uma ordem de serviço eficiente é essencial tanto para o empregado quanto para a empresa. Para os funcionários, o documento servirá como base de consulta; a companhia, por sua vez, poderá utilizá-lo como registro de suas atividades para fins de contabilidade.

Itens necessários para uma ordem de serviço

Se você pretende montar uma ordem de serviço para a sua empresa, existem alguns itens essenciais, como:

  • nome do funcionário;
  • função da ordem de serviço;
  • atividades desempenhadas;
  • equipamentos que serão utilizados;
  • treinamentos necessários;
  • medidas de segurança;
  • procedimentos em casos de acidente;
  • termo de responsabilidade.

Basicamente, essas são as principais informações encontradas em uma OS. Mas nada impede que você adicione outras informações, tudo vai depender do tipo de negócio oferecido por sua empresa.

Sistema gerenciador

Para otimizar ainda mais os serviços oferecidos pelo seu negócio, porém, você pode investir em um sistema de gerenciamento informatizado. Através dessa ferramenta, será possível criar ordens de serviço organizadas e integradas a outras áreas da empresa, como a gestão financeira e o controle de estoque.

Um bom sistema gerenciador permite que, após a realização do serviço, você atualize o seu estoque e o financeiro automaticamente. Mas, para isso precisa de disciplina para incluir as informações

Por fim, quem opta por um sistema informatizado ainda pode gerenciar e controlar todos os documentos virtualmente.

Gostou de nossa matéria? Já aplica a ordem de serviço em sua empresa ou pretende aplicar? Nos conte sua experiência nos comentários abaixo!