Gestão de ERP: pontos que reduzirá seus custos com esse sistema

Gestão de ERP

Você sabe o que é gerenciar funcionários, equipes, projetos e ainda ter de se preocupar com a gestão financeira da empresa? Nós também. Para dar conta de tudo isso, conseguir precificar serviços e reduzir os custos, é preciso analisar todas as informações de diferentes setores com frequência. Por isso, a gestão de ERP é a melhor aliada do gestor na hora de tomar decisões. Quer saber como o ERP te ajuda a reduzir custos? Confira neste post!

Gostaria de conhecer o melhor ERP para o prestador de serviço? clique aqui e entre em contato.

Como a gestão de ERP ajuda o gestor?

O ERP é um software de gestão que reúne diferentes informações de uma empresa em um só local. No caso das empresas prestadoras de serviço, é possível gerenciar todos os projetos, desde o orçamento até o faturamento, o fluxo de caixa, as interações com os clientes, entre outros.

Por meio desse sistema, o gestor tem uma visão mais ampla e concreta dos diferentes setores da sua empresa. Assim, pode avaliar custos diretos e indiretos envolvidos nos negócios e tomar decisões.

Como o ERP atua na redução de custos?

Confira de que maneiras sua empresa pode reduzir custos ao utilizar um software ERP em 5 pontos:

1. Geração de relatórios precisos

Todo gestor sabe a importância de conhecer bem o funcionamento da empresa para geri-la de forma mais eficiente. Sendo assim, um sistema ERP é capaz de gerar diversos relatórios abrangentes e confiáveis sobre o negócio que te ajudam nessa tarefa.

Por meio dos relatórios completos e atualizados, é possível tomar decisões mais assertivas. Você pode ter previsões de vendas, decidir onde deve cortar gastos e despesas, onde deve investir, e avaliar o desempenho dos funcionários, por exemplo. Essa análise pode gerar redução de custos em diferentes setores.

2. Integração dos setores

Uma das principais vantagens do ERP é a integração de informações dos setores da empresa em um só local. Essa característica gera uma série de vantagens que impacta na redução dos custos em diversas frentes.

Ao encontrar as informações atualizadas rapidamente, os funcionários podem tomar decisões mais rápidas e precisas, evitando erros e retrabalho. Isso gera um enorme ganho de produtividade e evita custos desnecessários. Além disso, você também não terá que gastar com implantação e manutenção de diversos sistemas individuais.

3. Otimização do tempo de trabalho

Ao utilizar um sistema ERP, seus funcionários levarão menos tempo para realizar atividades, já que terão acesso a informações atualizadas e podem automatizar tarefas. Esse processo ainda é facilitado graças à interface funcional e de fácil adaptação do ERP.

Ao reduzir o tempo com atividades do dia a dia, o trabalho se torna mais eficiente e a produtividade aumenta, o que gera redução de custos primeiramente na mão de obra e, depois, em outros pontos da empresa.

4. Automatização de tarefas

Com a integração dos processos, as tarefas recorrentes da empresa podem ser automatizadas, evitando erros que são comuns quando o controle é feito manualmente. Ao utilizar um ERP, as chances de alguma informação estar desatualizada e de erros administrativos acontecerem na elaboração de relatórios e na área de operações reduzem bastante. Assim, você evita custos com correção de falhas e tempo de retrabalho.

5. Geração de indicadores

Além dos relatórios, é possível acompanhar indicadores de diferentes processos por meio de um ERP. Dessa maneira, você pode analisar produtividade dos funcionários, índices de ociosidade, retrabalho, entre outros. Por meio dos indicadores, é possível realizar ajustes necessários para manter a equipe alinhada às necessidades da empresa.

Integração de informações, geração de relatórios e indicadores, otimização do tempo de trabalho, enfim. Viu como a gestão de ERP ajuda você, gestor, a reduzir custos? Você não pode ficar fora dessa, não é mesmo?

Gostou das dicas? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude seus amigos e contatos também!