Gestão de materiais: o que é e como fazer?

Você tem achado que os resultados da sua empresa estão abaixo do esperado? Acredita que seu índice de lucratividade poderia ser maior? Muitos gestores, quando chegam a essa conclusão, começam a estipular metas mais audaciosas para a equipe comercial. Mas o problema pode estar na gestão de materiais.

A forma como você cuida dos insumos que formam a base do seu negócio pode ser mais eficiente do que é atualmente, reduzindo custos e incrementando sua capacidade de vendas. Neste post, vamos falar mais sobre esse tema. Acompanhe!

O que é gestão de materiais?

Gerir materiais significa controlar e fiscalizar tudo o que diz respeito aos materiais utilizados para subsidiar as atividades da empresa. O processo de gestão é composto por diversas etapas, que consistem em verificar os tipos de produtos adquiridos, a distribuição entre os setores organizacionais e o estudo da melhor forma de aproveitamento dos insumos.

De forma geral, podemos dizer que a gestão de materiais é uma maneira de apoiar as atividades dos setores de compra, estoque, produção e prestação de serviços. Assim, você consegue saber tudo o que acontece na sua empresa.

Por que devo fazer gestão de materiais?

A má gestão dos materiais na sua empresa gera dificuldades com a prestação de serviços, o que acaba afetando as vendas. Imagine que você receba um grande volume de demandas, mas não tenha condições de fechar o negócio justamente por não saber se a empresa está pronta para atendê-las a tempo.

A gestão de materiais faz com que a sua empresa tenha um excelente controle de estoque, garantindo a prestação de serviços contínua para subsidiar os negócios.

Como você pode perceber, a gestão de materiais engloba inúmeras atividades, além do controle de estoques. Também estão envolvidas questões de logísticas, fornecedores, produção etc.

Qual a melhor forma de gerir materiais?

Não há uma receita de bolo para se fazer a gestão de materiais na sua empresa, já que isso varia de acordo com cada ramo de atuação. Mas existem atitudes básicas, que servem como modelo, para que você possa começar o trabalho. Veja algumas dicas:

Defina os materiais utilizados

Você sabe quais são os materiais necessários para realizar os seus serviços? Um gestor que não conhece seus processos a fundo acaba comprando mais do que o necessário, gerando desperdício e ineficiência. Além disso, torna mais difícil a precificação dos seus serviços.

Para isso, é hora de você iniciar uma revisão de processos internos, para que consiga listar, com riqueza de detalhes, todas as necessidades da organização.

Cuide da codificação e registro dos materiais

A forma como o material é organizado é muito importante para o seu total aproveitamento. Para que o seu estoque funcione da melhor forma possível, o ideal é criar um sistema de códigos para identificar cada material arquivado. Assim, você não perde tempo procurando o insumo necessário para a realização de serviços.

Faça um bom controle de qualidade

Essa dica é muito importante, principalmente para quem trabalha com materiais perecíveis. A organização do seu estoque deve ter um controle de qualidade rígido, para evitar perdas em razão da expiração da data de vencimento.

Planeje suas compras

A partir do domínio dos seus processos e materiais, você poderá planejar melhor suas compras, evitando o desperdício e investindo somente aquilo que é necessário e suficiente para realizar o seu serviço.

Quer saber mais sobre gestão de materiais? Então siga nossos perfis nas redes sociais. Estamos no Facebook, Google + e LinkedIn!